Eleição de Marine Le Pen poderia significar o fim do euro

Sem comentários Tendência Econômica

Dominam o debate político europeu as especulações sobre as consequências de uma possível vitória de Marine Le Pen na eleição presidencial francesa. A maior preocupação é quanto sua disposição a abandonar o euro, o que poderia causar o desmantelamento da união monetária européia (EMU).

A Bloomberg compilou as opiniões de economistas e estrategistas de grandes bancos como o Credit Agricole, Barclays, Commerzbank e JPMorgan Chase e eles possuem a mesma opinião geral: Le Pen deve ir para o segundo turno mas há uma pequena chance de vitória; caso ocorra, é extremamente improvável que consiga uma maioria parlamentar que permita uma emenda a constituição necessária para efetivar a saída da união monetária.

Joerg Kraemer do Commerzbank aponta uma chance de vitória no segundo turno de 20% para Le Pen e faz o prognóstico: “A notícia de uma vitória de Le Pen causaria uma fuga massiva de capitais não apenas para fora da França como também para fora de países periféricos, como a Itália. Controle de capitais e feriados bancários iriam seguir, o que poderia ser o início do fim da EMU”.

Tendência Econômica

Informamos objetivamente os acontecimentos essenciais que guiam os mercados ao redor do mundo